>AGENDA DO SAMBA & CHORO

>

Deixo de lado o humor, apenas por hoje, diante de um troço que, como se diz, está atravessado na garganta. Como sou um obsessivo olímpico, como sou um ardoroso defensor da verdade, como sou um brigador em defesa dos amigos, peço licença a vocês que vêm sempre ao Buteco em busca do riso, pra lhes contar um episódio que, repetindo, ainda está atravessado na garganta, mas que vai, aos poucos, enquanto escrevo, descendo aos trancos e barrancos. E está descendo mesmo, e posso garantir, já neste ponto, que quando eu escrever “até”, no final, como faço sempre, nada mais me importará.

Há um site que se chama Agenda do Samba & Choro. E quero dizer que foi – ainda é, mas bem menos, e por razões que não interessam por ora – um dos maiores responsáveis, ou o maior responsável, pela verdadeira explosão de casas de samba e choro Brasil afora. Quando foi criado, Paulo Neves, seu idealizador, corria algumas casas aqui no Rio de Janeiro com uma filipeta amarela contendo o endereço do site, buscando sua divulgação. E a coisa foi dando certo, e os leitores passaram das dezenas, chegaram a centenas e hoje são milhares os que buscam ali as informações sobre tudo o que acontece no país, em todas as cidades, envolvendo, como diz o nome, o samba e o choro.

Há, no site, uma seção chamada Tribuna Livre. Eu escrevo “livre” e morro de rir. Vou explicar. A Tribuna Livre nada mais é do que uma lista de discussão onde as pessoas trocam informações sobre o assunto. Eu fiz parte da tal lista, e dela fui expulso. Três vezes. Por mau comportamento. E com razão, quero dizer. O Paulo Neves até que suportou demais meu humor ferino. Mas houve outro expulso. O Fernando Toledo. Gênio da raça, o “Girassol” destilava conhecimento e genialidade por ali, e por não suportar o nível rasteiro de algumas discussões, vez por outra descia o pau quando escrevia. Mas sem minhas maldades, preciso confessar de novo. E o que fez o Paulo Neves? Destruindo o adjetivo “livre” da Tribuna, expulsou de lá o bom Toledão. Estou escrevendo isso e sem querer me lembrei do Paulo Francis e da Petrobras.

O Toledão ficou, a princípio, sentido e magoado. Depois, como lhe era peculiar, deixou de dar importância ao fato, embora, vez por outra, Szegeri é testemunha, assacasse o verbo contra o episódio.

Daí veio a morte do Toledão.

E o que houve na Agenda?

Uma homenagem ao Toledo. Com direito a fotografia do Toledo na capa do site. E um texto pondo o Toledão nas alturas. O que fiz eu, brigão por excelência como bem atestou o próprio Fernando no Conexão Irajá? Escrevi uma mensagem lá, assim: “Pena que o Toledo não pode prosseguir com seu humor por aqui, de onde foi covarde e sumariamente expulso”. E o que houve então? Pisando no adjetivo “livre” da Tribuna, já destruído, Paulo Neves varreu de lá meu comentário. E veio o João, assinante também da tal lista, e escreveu um pequeno texto intitulado “Homenagem tardia”. E o que houve então? Pondo fogo no adjetivo “livre” da Tribuna, o Paulo Neves também varreu de lá a coisa.

Eis que foi à Agenda o meu irmão Szegeri, meu Otto full time, e cravou um protesto pela sumária retirada dos textos que atestavam a hipocrisia da homenagem. Como o Szgeri impõe respeito, a coisa está lá até o momento. Reside, ali, então, o meu protesto.

Vejam como eu me conheço. Estou acabando de escrever e já sinto deglutida minha revolta.

Até.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “>AGENDA DO SAMBA & CHORO

  1. Pat

    >Caro Edu,Sou mais uma das, sei lá quantas, pessoas cadastradas no site Agenda do Samba & Choro. Recebo os e-mails com a programação e confesso que é muito útil para quem gosta do tema! Quando recebi o e-mail o qual tinha a homenagem ao Toledo, fui ao site e li os comentários, inclusive o seu. Não entendi muito bem, mas desconfiei de algo ocorria nos bastidores! Hoje, recebi novo e-mail do site e entrei novamente. Verifiquei que só o comentário do Szegeri estava lá! Aí, veio a certeza.Agora, entro no Buteco, vejo o seu desabafo e penso que o Toledo deve estar rindo muito, pois, vejamos:Se a homenagem do site é sincera ou não, realmente não me cabe dizer, afinal isto é muito subjetivo, o importante é que ela está lá e por isso, muitas pessoas puderam ver e homenagear o Toledo! Estas sim, podemos afirmar que são sinceras!Outra, deve ser muito angustiante para o(s) “censurador(es)” da chamada Tribuna “livre”, ter que admitir que dentro do “MUNDO” do Samba & Choro existem outras pessoas que pensam como o Toledo, pois, senão não haveria tantos comentários a respeito dos textos dele! Inclusive, tem um comentário de um senhor que diz:”Não o conheci mas pelas palavras que me antecederam dá para perceber o homem que ele foi. Posso até chama-lo, de filho, pois tenho 68 anos…”

  2. >Boa Edu! Combatendo o bom combate! Caro, saí da TS&C por conta própria. Não cheguei a ser expulso. O que me fez fugir de lá foi a babaquice, a mediocridade, a idiotia. A pobreza dos participantes. Gente como você, o Szé e o Toledão me animavam a participar. Mas não suportei a louvaminhice oficial de funcionários do governo que tomaram de assalto o site, como se donos da cultura do povo fossem. Gente que não admite críticas ao que consideram “autêntico”. Se eles se preocupassem com a autenticidade mínima no exercício do poder, já seria bom demais….

  3. >Sempre disse: o melhor da Agenda era a Tribuna. Hoje os arquivos estão carregados de informações , providas por muita gente que ou foi expulsa ou não tem mais saco para participar, porque o dono da bola não quis brincar mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s