43

Amanhã, 27 de abril, comemoro 43 anos de vida. Será, digo sem medo do erro, meu mais emocionante dia de aniversário desde minha chegada ao mundo, na maternidade da Venerável Ordem Terceira da Penitência, em frente ao morro do Borel, na Conde de Bonfim, aorta da minha aldeia, a Tijuca – é claro. E será profundamente emocionante porque eu sempre acho, no dia 26 de abril, que o dia seguinte será meu mais emocionante aniversário. Mas será, e dessa vez não por conta, apenas, dessa infantil sensação de todos os abris, que mistura ansiedade e expectativa. Será minha primeira manhã de aniversário sem ter por perto o sorriso que me iluminou durante doze aniversários, de 2000 a 2011, e ao mesmo tempo o primeiro aniversário tendo ao lado o sorriso moreno que o minuano me trouxe, a mais aguda antítese do amargo do mate que ela me apresentou, ela que chega hoje pra tornar minha véspera mais bonita.

Será uma noite, e uma manhã, e um dia inteiro – bem sei – de saudade e de emoção, de alegria e de gratidão, de profundo agradecimento à Vida que, sim, sempre foi boa pra mim ainda que tenha me pregado tantas peças – e eu soube fazer, é como penso, de cada uma delas uma espécie de plataforma da qual saltei para voltar ao chão mais inteiro. Será, sobretudo, um tempo permeado pelo amor na mais ampla acepção da palavra. Terei, a meu lado, como em todos os 27 de abril, fantasmas vivos e mortos que chegam pra mais perto a fim de assistirem à inauguração da nova idade. Ouvirei, pela manhã, a vozearia das crianças correndo atrás de uma bola de meia numa vila premida por edifícios e levarei o mesmo susto de todos os anos quando reconhecer, entre a algazarra, minha própria voz. Sentirei, no rosto, o vento dos leques das minhas tias, e o vento que corta São Cristóvão e a Quinta da Boa Vista, palco de festas de aniversário que meus pais armavam, festas que eram minhas e de meu irmão, o do meio, que faz anos logo depois, no dia 09 de maio. Terei flores em casa, flores que eu mesmo comprei, pra dizer à mulher em flor que são de flores os caminhos que ela desenha. Diante do espelho, no começo da manhã, a barba branca e cerrada atestará o acúmulo do tempo em mim, e eu agradecerei, levando água fresca em direção ao rosto, ao Tempo que só me trouxe razões pra agradecer – agradecer, nada pedir.

Fiz as escolhas certas, tenho amigos por perto, uma porção de histórias bonitas pra contar, uma porção de dores para serem quaradas, um tanto, assim, de amores pra me sustentar, um desejo absurdo de viver mais sei-lá-quantos anos, e essa convicção, ela também quase-infantil, de que até aqui errei no que pude, de que até aqui errei no que quis, de que sou, precipuamente sou, um homem feliz.

Ser assim, pra sempre, a cada 27 de abril, é o presente que me darei amanhã pela manhã, de mãos dadas com ela, quando abrir os olhos diante de tantos olhos em volta de mim, em torno de nós – sozinhos, entretanto.

Até.

Anúncios

22 Comentários

Arquivado em confissões

22 Respostas para “43

  1. Kelly

    Lindo, Edu. E sua flor é minha também, tá?

  2. Edu,

    Um PUTA poeta, descaradamente desbocado, mas doce e juvenil no trato das palavras. Abraços e desejo de que amanhã seja este dia mais intenso,só sendo superado em 2013,2014,2015,2016…e quantos anos mais,

    Arnobio

  3. jade veronese

    Seja feliz, meu amigo, comemore muuuuito. Obrigada pelos lindos textos de sempre que fazem toda a diferença na minha vida. Beijão.

  4. Antonio Carlos

    Parabéns guerreiro
    ACarlos

  5. Parabéns, meu amigo tão querido! 🙂
    Os beijos e os abraços pelo seu dia darei pessoalmente, com uns dias de atraso, mas acho que ainda estarão dentro do prazo de validade 🙂

  6. Alfredo

    Parabéns, meu Camarada. A festa começa hoje e se estende até amanhã, aniversário do meu filho João Paulo.Toda sorte do mundo e muita Paz.

  7. Maísa- SP

    Edu.. Feliz 43 anos !!!
    Um beijo enorme

  8. Lucia

    Eu não te conheço,te achei por acaso,mas me delicio lendo as suas historias,imagino um homem admirável de muita sensibilidade,com certeza uma pessoa do bem.Te parabenizo pelo dia de hoje e que Deus derrame muitas graças e bençãos sobre vc. Saude Paz e muito Amor

  9. Marcão

    Parabéns Edu!!! Belíssimo texto, como sempre.

  10. mirtes

    PARABENS EDU!
    Hoje tambem faço anos.
    Um abração

    mirtes

  11. achrispin

    Quem vê os tweets calorosos não imagina os posts excelentes. Emocionante. De verdade. Parabéns. Com as bençãos de Papai do Céu e dos guias, sempre.

  12. marianna

    parabéns, edu. e obrigada pela bela leitura – como de costume.

  13. Israel Vieira

    Parabéns Edu!!! Você merece tudo de melhor e, é sempre bom passar por aqui e ler seus excelentes textos. Levo isso para minha vida, pode ter certeza.
    Abração
    Israel Vieira/Niterói-RJ

  14. Cláudio Menezes

    Parabéns e muitas felicidades!

  15. Dave

    Mesmo atrasados os meus parabéns, Edu !!!

  16. Estela Garcia

    é isso aí, Edu. Um dia chove, outro dia bate sol, e às vezes sol e chuva no mesmo dia!! e assim a gente vai se enganando e enganando o tempo também. ou pelo menos tentando. Cada vez que abro a porta (ou seria janela?) do seu buteco tem uma notícia diferente! Confesso: é assim que percebo como o tempo vai passando…
    só por isso, mando para você esse poema maravilhoso de um poeta polonês que morreu com 93 aninhos, apenas. Ele devia saber o que dizia.
    um abraço

    da Estela

    Janela
    (Czeslaw Milosz)

    Olhei pela janela ao raiar do dia e vi
    uma jovem macieira, diáfana em meio à luz.

    Quando olhei de novo ao raiar do dia
    lá estava uma grande macieira carregada
    de fruto.

    Passaram-se decerto muitos anos, mas
    não me lembro do que aconteceu neste
    sonho.

  17. ACarlos

    Como vc está irmão???????????

  18. Pingback: 2012/2013 | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s