DANI FAZ 40 ANOS HOJE

Acordar hoje foi um bocado mais difícil do que tem sido. Não estava ao meu lado, na cama, a mulher que me ensinou a sorrir e que completa (completaria?, completa?!…) 40 anos de idade neste sábado nublado, entretanto ensolarado em mim. Sim, porque quem, como eu, teve o privilégio de conviver por mais de 11 anos com a Dani, não vive noutro estado que não seja o mais-luminoso. Seu sorriso – essa imagem me veio recentemente – está, definitiva e eternamente, tatuado na minha alma como marca indelével e que jamais será esquecida.

Doeu-me, porém, não ter seu corpo ao meu lado, e é esse o mais cruel lado do desaparecimento. Senti seu cheiro, sabe-se lá como somos capazes dessas mágicas. Fui à cozinha, fiz meu café, ofereci uma xícara a ela, deixei-a ao lado das flores lindas que recebi ontem – e as flores são dela (ela é a flor em essência, fonte permanente de beleza, dona do mais estonteante perfume).

Vou ao mar. E como na letra da canção que ela tanto amava, vou pra nada pedir. Só pra agradecer, eis que o pedido que eu faria se me fosse dada a certeza de ser atendido seria tê-la de volta, nem que fosse apenas pelo dia de hoje – quimera que, nem no mais alto grau de delírio, se tornará realidade. Vou ao mar, então, oferecer flores à mulher que me ensinou a sorrir, pra também agradecer à vida por ter me dado a graça de conhecê-la. Agradecer pelo 15 de outubro de 1971, quando ela veio ao mundo. Agradecer pelo 18 de setembro de 1999, quando nossos olhos se cruzaram depois de algum tempo de ausências e quando fomos um do outro pela primeira vez – e para sempre, até seu último dia de vida, quando tive – mais uma vez! – o privilégio de atender a seus pedidos (todos!), cantar pra ela, dizer-lhe diante dos seus olhinhos já distantes o quanto eu a amava e que eu estaria ali, do seu lado, para sempre. Agradecer a cada um dos dias entre 18 de setembro de 1999 e 09 de julho de 2011, quando fui mais inteiro, quando fui mais homem, como no samba, e de fato agradecer por tudo – por tudo.

Depois de jogar flores no mar eu vou é quarar as dores num bar. Erguer os diversos copos em homenagem a ela ao lado dos nossos amigos, todos privilegiados da mesma forma por conta do convívio com a mais incrível das mulheres.

E que a minha menina, a minha garota, minha Tomtom, a mais doce, a mais linda, a dona do sorriso mais bonito que o mundo já viu, beba comigo, esteja comigo, sinta minhas vibrações de amor, comemore comigo e saiba como me dizer – e eu sei que saberá – que está por perto. Eu saberei perceber seus sinais.

E vocês me dão licença, meus poucos mas fiéis leitores, porque hoje o bicho tá pegando.

Até.

Anúncios

15 Comentários

Arquivado em confissões

15 Respostas para “DANI FAZ 40 ANOS HOJE

  1. Perla

    Parabéns para a Dani! E para vc, por cada sorriso recebido dela e por cada sorriso do qual vc foi a causa.
    Abraço

  2. Patrícia

    parabéns dani.
    edu, ela fez a mesma idade que eu.
    mesmo distantes, sempre nos gostamos, e toda esta história foi constantemente acompanhada de longe (o pai me contava tudo, pois é aqui, na pati, que ele descarrega as angústias) com muita torcida, muito pensamento positivo.
    o sorriso era amigo de todos e bastava vê-lo que o astral subia.
    só o aldir sabe o quanto tudo isso mexeu comigo – nem eu mesma poderia imaginar. nos últimos tempos, todos os dias conhecia (por ele) os momentos difíceis. nós sentimos muito a falta dela e sempre me emociona pensar no seu rosto cheio de amor à vida. ela – espécie de espelho que toda mulher deveria ter diante de si: reflexo de beleza e da energia necessária para ser feliz.
    é isso edu. gosto demais dela e misturo os tempos verbais porque navegamos fora do tempo agora.
    dani, eis os 40. vc tem a mesma idade que eu.

  3. Bia

    Parabéns Dani querida!!
    Edu, ergeremos um copo por aqui também meu querido!
    Um grande beijo
    Bia e Newtinho

  4. Vavo Krieck

    Mais um dia de coração apertadinho…
    Ontem falamos nela, com Sergio Barreto no jantar!
    Quando falamos, dá aquele calorzinho no peito… calorzinho gostoso!
    Vou bater um papo com ela nesse final de semana! Como ela sempre fazia comigo.. contar tudo, até as coisas que a gente nao conta pra ninguem, e que ela sempre cutucava, e a gente sempre conversava! Ah, queridos…
    Sempre nos meus melhores pensamentos…
    Um beijo gigante, Edu e Dani!

  5. Toda hora eu venho aqui na esperança de tentar escrever alguma coisa. Consigo não!

    Vou só deixar um sorriso pra tu! 🙂

  6. Cris Carmo

    Dani me convidou para ser coordenadora. Certamente influenciada pela opinião de meus coordenadores e colegas. Nos seus planos inicias eu viria para a Barra… para outra escola é verdade, mas para a Barra. Posteriormente precisaram de mim em outros lugares. Assim fui… de necessidade em necessidade, até voltar ao bairro. Hoje, estou de volta à Barra. Estou aqui, na escola, neste chuvoso dia dos professores, em parte cumprindo a missão dada. Sensação boa a de se fazer o que se gosta, juntando com aquilo que você se preparou para fazer e onde vida o levou para a missão. Dani faz muita parte disso.

  7. Viviane Costa

    É sempre muito confortante ler a forma como você sempre a descreve com tanto carinho, tanta admiração. Que neste dia o seu coração seja confortado e consolado na certeza de ter sido imensamente privilegiado por ter tido a Dani por esses 11 anos.

  8. ELITON CARDOSO COSTA

    Dani, nao tenho palavras, foi muito amiga, me recebeu de portas abertas na wiseup, peço muito ao meu Sr Deus que a ilumine sempre .

  9. ANTONIO CARLOS

    Dani foi muito amada e continua sendo amada,,,,aonde estiver está sentindo sua vibração e o seu carinho.Parabéns a Dani Sorriso Lindo e a vc EDU.

  10. Vieiras

    Amigo,tudo que vc sente nesse momento se define em uma única palavra;
    AMOR.
    Amou e ama ainda essa mulher maravilhosa que é Dani Pureza.
    Tenha a certeza que cada vez que pensa na Dani,ela vem ao seu encontro,aonde vc estiver.Ela continua junto de você ,companhaeiro.Dani viverá para sempre em nossos corações.Parabéns Dani!

  11. sabes leio todos os teus post,é inspirado e usas as palavras com emoção, complica comentar nunca sei o que escrever há uma presença constante no teu espaço e em ti … sabes quem é … abr.

  12. Rita Cunha

    No dia 15 de outubro li seu post e não consegui escrever nada, fiquei zangada. Pq? Pq pessoas que fazem diferença na vida de tantas outras, e tão jovens, são levadas assim? Ainda estou zangada. Tendo o direito ou não. Pq umas pessoas tem o direito a viver mais do que outras? Complicado em minha cabeça. Força. Um bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s