ISSO É COMIDA DI BUTECO?

Ontem iniciei mais uma cruzada contra esse engodo que atende pelo nome Comida di Buteco – leiam aqui. Pois volto à carga hoje – e será assim durante os 30 dias de duração do troço – para exibir uma ignomínia sem tamanho, exaltada, é claro, pelo Festival da Jabalândia.

Um dos participantes do circo, aqui no Rio de Janeiro (e outras 14 cidades estão sendo, ao mesmo tempo, conspurcadas pelo negócio), é o Bar 20, em Ipanema, na zona sul. No site do Comida di Buteco lê-se que o tal bar concorre com um petisco (tenho nojo desse nome) chamado “20 Salpicá”, e o nível da piada que cerca o nome da horrenda criação é um bom indicativo da qualidade de coisa (“vim te salpicar”). O que diz o site (vejam aqui) sobre o concorrente?

Que trata-se de um “salpicão de feijão com palha de carne-seca e vários ingredientes”. Que tal? A foto está abaixo. 

É justo na desonesta informação – “vários ingredientes” – que se esconde o tesouro do Reino da Jabalândia. Como a maionese Hellmann´s patrocina o evento no Rio de Janeiro (e como se sabe um bom buteco não pode dispensar a maionese nos pratos que oferece, não é mesmo?), lá está ela. Esse troço é, na verdade, um patê de feijão com maionese Hellmann´s.

O site de notícias R7 (aqui) revela o que os organizadores escondem. Lê-se lá:

“A escolha dos ingredientes foi feita pelo gastrônomo e realizador do concurso, Eduardo Maya.

– O objetivo do concurso Comida di Buteco é resgatar a culinária de raiz do Brasil. Por isso busquei em nossos ancestrais colonizadores portugueses e índios os ingredientes que hoje conhecemos bastante na composição da feijoada.”

Ora, a “culinária de raiz do Brasil” (a expressão também me causa engulhos) usa maionese e eu não sabia! “Nossos ancestrais colonizadores portugueses e índios” usavam maionese e eu não sabia!

No R7 a descrição é mais fiel e, portanto, nos dá a exata dimensão do horror que o Bar 20 oferece: “salpicão feito com feijão, milho, pimenta, cenoura, tomates secos, pimentões sortidos e maionese aromatizada com suco de laranja. É servido com palha de carne seca e torradas”.

Por isso eu repito: fujam dos bares que participarão do festival, evitem esbarrar com os histéricos e com as histéricas no interior dos bares, onde eles terão chegado em vans alugadas para fazer o roteiro proposto pelos organizadores, não sejam idiotas a ponto de ficarem por aí conjugando o verbo proposto pelo festival – “Eu boteco, tu botecas, nós Comida di Buteco” -, não permitam que esse evento conspurque sua cidade e seu botequim preferido. Eu, ao menos, tenho imenso orgulho de dizer (e sou grato por isso) que os meus butecos de fé não participam dessa roleta-russa que visa, precipuamente, o lucro de quem, em pele de cordeiro, faz o papel do lobo devastador do sistema capitalista.

Até.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em botequim

3 Respostas para “ISSO É COMIDA DI BUTECO?

  1. >Gosto mesmo é de um Pé-sujo!

  2. >Sou aqui de BH, onde começou o Comida di Buteco. Acho que no começo foi uma idéia legal, mas hoje acho que ficou uma coisa repetitiva, todos tentando inventar moda demais nos pratos, quase tentando inventar uma roda quadrada. Acho que saturou. Essa coisa dos patrocinadores também é dose. Além do mais, que prato nojento esse aí de feijão de maionese. Coisa feia… Tudo bem que não comi mas, a princípio, já nã gostei. E olha que não sou do tipo que fala esse tipo de coisa.

  3. PBL

    >O Aconchego ta participando esse ano?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s