Arquivo do mês: janeiro 2010

>BOLETIM – NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS

>

Conforme lhes contei aqui, nasceu dia desses, num buteco às margens do rio Maracanã, na Tijuca, evidentemente, o bloco carnavalesco NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, criado por fãs incondicionais da caneta, do coração e das idéias desse brasileiro máximo que é Luiz Antonio Simas, historiador maiúsculo, professor as 24 horas do dia, dono do melhor blog do Brasil, o HISTÓRIAS BRASILEIRAS.

Então é o seguinte, já que carnaval é isso também: furdunço – e é preciso termos em mente que a idéia surgiu de um lampejo luminoso! – e desorganização absoluta. Quem quiser, mesmo, a camiseta (notem que a camisa é Hering, de qualidade, portanto) é só mandar um e-mail para a direção do bloco, por aqui, de preferência avisando nos comentários a este texto que o pedido foi feito por e-mail, até mesmo para que o BUTECO tenha exata noção do sucesso da idéia. Basta um “EU QUERO UMA!”, ou “EU QUERO DUAS!”, por aí.

Todas as camisas são brancas e os tamanhos são P, M, G, XG e XXG (que é o meu caso, é claro). Para os casos expeciais, há tamanhos a partir dos 2 anos até o 5G, violentamente gigantesco! O problema – confesso – é o preço (mas o troço vale, o mito vale!). Cada camisa sai por R$ 33,00. Para quem for de fora do Rio, posso fazer de duas formas: envio através de SEDEX A COBRAR ou SEDEX normal, ao custo de R$ 30,70 por envelope plástico bolha (o que significa dizer que até 4 camisas podem ser enviadas a este custo, desde que para o mesmo endereço). Todas as tratativas neste sentido devem ser feitas pelo e-mail da direção do bloco, não esqueçam disso, este aqui.

A data do desfile já está definida, dentro do esquema concentra mas não sai. O NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS reunir-se-á no sábado, dia 06 de fevereiro de 2010, a partir das 15h, no BODE CHEIROSO, comovente espelunca na rua General Canabarro, na Tijuca, em frente ao antigo edifício da TELERJ.

O samba está sendo composto por diversas mãos. E o enredo, exigido pelo homenageado – “eu não abro mão disso, porra!”, disse o gentil professor – será “MANOELZINHO MOTTA, HONRA E GLÓRIA CARIOCA”.

Até.

P.S. 1: já são, até o momento, dezenove camisas encomendadas!

P.S. 2: as camisas até então encomendadas já estão à disposição de seus donos na livraria FOLHA SECA, na rua do Ouvidor 37, com exceção da de Julio Vellozo, já postada para São Paulo por SEDEX;

P.S. 3: os pedidos devem ser feitos impreterivelmente por e-mail, aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

>CONTINUAM AS VENDAS DAS CAMISAS DO "NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS"

>

Conforme lhes contei aqui, nasceu ontem pela manhã, num buteco às margens do rio Maracanã, na Tijuca, evidentemente, o bloco carnavalesco NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, criado por fãs incondicionais da caneta, do coração e das idéias desse brasileiro máximo que é Luiz Antonio Simas, historiador maiúsculo, professor as 24 horas do dia, dono do melhor blog do Brasil, o HISTÓRIAS BRASILEIRAS. Em questão de segundos Lucio Lemos, um dos fãs do bardo, criou o símbolo do bloco. Eu, que não sou besta, mandei fazer, ontem mesmo, a primeira camisa do NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, vejam aí na imagem abaixo (em transfer, que era o único método que poderia ser feito na hora). E o lance é o seguinte, meus poucos mas fiéis leitores: minha caixa de e-mails, para me valer da expressão quase-chula, bombou. Gente de tudo quanto é canto me pedindo informações sobre o bloco, data dos ensaios, do desfile, perguntando sobre o enredo e o escambau.

Então é o seguinte, já que carnaval é isso também: furdunço – e é preciso termos em mente que a idéia surgiu de um lampejo luminoso! – e desorganização absoluta. Quem quiser, mesmo, a camiseta (notem que a camisa é Hering, de qualidade, portanto) é só mandar um e-mail para a direção do bloco, por aqui, de preferência avisando nos comentários a este texto que o pedido foi feito por e-mail, até mesmo para que o BUTECO tenha exata noção do sucesso da idéia. Basta um “EU QUERO UMA!”, ou “EU QUERO DUAS!”, por aí.

Todas as camisas são brancas e os tamanhos são P, M, G, XG e XXG (que é o meu caso, é claro). Para os casos expeciais, há tamanhos a partir dos 2 anos até o 5G, violentamente gigantesco! O problema – confesso – é o preço (mas o troço vale, o mito vale!). Cada camisa sai por R$ 33,00. Para quem for de fora do Rio, posso fazer de duas formas: envio através de SEDEX A COBRAR ou SEDEX normal, ao custo de R$ 30,70 por envelope plástico bolha (o que significa dizer que até 4 camisas podem ser enviadas a este custo, desde que para o mesmo endereço). Todas as tratativas neste sentido devem ser feitas pelo e-mail da direção do bloco, não esqueçam disso, este aqui.

Por força do tempo exíguo, não vai haver ensaio (salvo segunda ordem). A data do desfile ainda não está definida, mas sabe-se que o troço vai seguir o lema concentra mas não sai. O enredo é que está rendendo…

Há diversas sugestões: “Heróis, Canalhas, Vendilhões, Mártires, Santos, Generais, Guerrilheiros, Malandros, Prostitutas, Foliões, Macumbeiros, Beatas, Imperadores, Presidentes, Assassinos, Suicidas, Santos, Proxenetas, Sambistas e Jogadores de Futebol, e o Arrebol no Quintal do Simas”, “A Cozinha Fantástica de Roberta Sudbrack, seus Legumes, Frutas e Peixes Falantes e Dançarinos”, “A Mulata Aba Dá”, “Quando eu Ficar Assim Morrendo Após o Porre, Maracanã meu Rio, Corre e me Socorre” e outros bichos. A conferir o que vai vingar.

Até.

P.S. 1: já são, até o momento, oito doze treze catorze camisas encomendadas!

P.S. 2: forte rumores dão conta de que o desfile (a concentração!) do bloco acontecerá no próximo domingo, 07 de fevereiro, em local ainda a ser definido. Peçam logo suas camisas!

P.S. 3: caso você faça seu pedido e comprove o pagamento até às 12h de hoje, sexta-feira, sua camisa será entregue ou postada hoje mesmo. Para quem é do Rio, as camisas estarão disponíveis a partir das 15h na livraria FOLHA SECA, na rua do Ouvidor 37.

P.S. 4: os pedidos devem ser feitos impreterivelmente por e-mail, aqui.

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

>15 ANOS DO NEM MUDA

>

Amanhã, 30 de janeiro, acontece o desfile do NEM MUDA NEM SAI DE CIMA (não confundir com o NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS), com concentração a partir das 16h, na rua Garibaldi, na Tijuca. Desfilo no NEM MUDA desde sua fundação, há 15 anos. Fui o autor, em parceria com Edmundo Souto, do samba do bloco no ano de 1999, quando o enredo foi Paulo Emílio da Costa Leite, primeira vez, aliás, que o vermelho-e-amarelo da Tijuca desfilou com enredo definido, samba que foi defendido nas eliminatórias, e no dia do desfile, pelo Paulinho Mocidade. Estar entre os autores dos sambas do NEM MUDA só aumenta minha ligação com o furdunço. O homenageado desse ano de 2010 é – mais-que-merecidamente – Moacyr Luz, um dos fundadores do bloco, ao lado de diversos amigos ali da área. Compositor de mão cheia, o Moacyr merece – friso – a homenagem. E eu lá estarei, desde cedo, pra manter a tradição. Aviso aos navegantes: fui presentado pelo Pavão, dia desses, com uma ampola de Red Label, meu uísque do dia-a-dia. Pretendo chegar ao BAR DO PAVÃO, na esquina da Xavier de Brito com a Otávio Kelly, por volta das três da tarde, por aí, pra começar a dar tratos à bola. Serão vocês, meus poucos mas fiéis leitores, muito bem chegados no pedaço e na divisão do malte.

NEM MUDA NEM SAI DE CIMA, 2010

E não se esqueçam: estão à venda as camisetas do NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, uma homenagem ao autor do melhor blog do Brasil, Luiz Antonio Simas. Aqui!

Até.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

>OS PAGADORES DE IMPOSTOS

>

Os membros do grupelho GRUPO GRANDE TIJUCA (que pisa, cospe, estupra o bairro mais bacana da cidade) só pensam nisso – pagamos nossos impostos, pagamos nossos impostos, pagamos nossos impostos…

Até para reclamarem da mais-que-aprazível praça Xavier de Brito – onde só eles vêem defeito! – se valem do jargão insuportável, brandindo o carnê-leão imaginário.

carta publicada no O GLOBO TIJUCA de 28 de janeiro de 2010

Até.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

>CAMISAS DO "NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS"

>

Conforme lhes contei aqui, nasceu hoje pela manhã, num buteco às margens do rio Maracanã, na Tijuca, evidentemente, o bloco carnavalesco NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, criado por fãs incondicionais da caneta, do coração e das idéias desse brasileiro máximo que é Luiz Antonio Simas, historiador maiúsculo, professor as 24 horas do dia, dono do melhor blog do Brasil, o HISTÓRIAS BRASILEIRAS. Em questão de segundos Lucio Lemos, um dos fãs do bardo, criou o símbolo do bloco valendo-se de caricatura do homenageado de autoria do Stocker. Eu, que não sou besta, mandei fazer, hoje mesmo, a primeira camisa do NEM MUDA NEM SAI DO SIMAS, vejam aí na imagem abaixo (em transfer, que era o único método que poderia ser feito na hora). E o lance é o seguinte, meus poucos mas fiéis leitores: minha caixa de e-mails, para me valer da expressão quase-chula, bombou. Gente de tudo quanto é canto me pedindo informações sobre o bloco, data dos ensaios, do desfile, perguntando sobre o enredo e o escambau.

Então é o seguinte, já que carnaval é isso também: furdunço – e é preciso termos em mente que a idéia surgiu de um lampejo luminoso! – e desorganização absoluta. Quem quiser, mesmo, a camiseta (notem que a camisa é Hering, de qualidade, portanto) é só mandar um e-mail para a direção do bloco, por aqui, de preferência avisando nos comentários a este texto que o pedido foi feito por e-mail, até mesmo para que o BUTECO tenha exata noção do sucesso da idéia. Basta um “EU QUERO UMA!”, ou “EU QUERO DUAS!”, por aí.

Todas as camisas são brancas e os tamanhos são P, M, G, XG e XXG (que é o meu caso, é claro). Para os casos expeciais, há tamanhos a partir dos 2 anos até o 5G, violentamente gigantesco! O problema – confesso – é o preço (mas o troço vale, o mito vale!). Cada camisa sai por R$ 33,00. Para quem for de fora do Rio, posso fazer de duas formas: envio através de SEDEX A COBRAR ou SEDEX normal, ao custo de R$ 30,70 por envelope plástico bolha (o que significa dizer que até 4 camisas podem ser enviadas a este custo, desde que para o mesmo endereço). Todas as tratativas neste sentido devem ser feitas pelo e-mail da direção do bloco, não esqueçam disso, este aqui.

Por força do tempo exíguo, não vai haver ensaio (salvo segunda ordem). A data do desfile ainda não está definida, mas sabe-se que o troço vai seguir o lema concentra mas não sai. O enredo é que está rendendo…

Há diversas sugestões: “Heróis, Canalhas, Vendilhões, Mártires, Santos, Generais, Guerrilheiros, Malandros, Prostitutas, Foliões, Macumbeiros, Beatas, Imperadores, Presidentes, Assassinos, Suicidas, Santos, Proxenetas, Sambistas e Jogadores de Futebol, e o Arrebol no Quintal do Simas”, “A Cozinha Fantástica de Roberta Sudbrack, seus Legumes, Frutas e Peixes Falantes e Dançarinos”, “A Mulata Aba Dá”, “Quando eu Ficar Assim Morrendo Após o Porre, Maracanã meu Rio, Corre e me Socorre” e outros bichos. A conferir o que vai vingar.

Até.

P.S.: já são, até o momento, oito doze camisas encomendadas!

13 Comentários

Arquivado em Uncategorized

NOVO BLOCO TIJUCANO

Acaba de nascer, de um lampejo genial que fez tremer o balcão de um buteco às margens do rio Maracanã, mais um bloco carioca, precisamente tijucano: o Nem Muda Nem Sai do Simas, composto por fãs incondicionais de Luiz Antonio Simas e por leitores aficcionados de seu blog, o melhor do Brasil, o Histórias Brasileiras. Abaixo, o pavilhão do bloco, criado por Lucio Lemos, freqüentador do buteco-nascedouro do furdunço!

Até.

8 Comentários

Arquivado em carnaval

>VILA ISABEL NA 28 DE SETEMBRO

>

A UNIDOS DE VILA ISABEL tem um troço invejável. A escola é o bairro, o bairro é a escola e quando a azul-e-branco desce pra ensaiar no boulevard 28 de Setembro o que se vê é bonito – e comovente – demais. A escola se concentra em frente ao PETISCO DA VILA (na esquina da Visconde de Abaeté), a 28 de Setembro se transforma num mar de gente, os apartamentos dos prédios ficam todos acesos com gente na janela, bandeiras azuis e brancas tremulando nas mãos dos moradores orgulhosos e a energia da nossa Vila Isabel mexe com o coração do mais frio dos homens. Hoje tem Flamengo no Maracanã, às 19h30min, contra o Americano. Mas às 20h tem ensaio de rua na Vila. E é pra lá que eu vou! Ficam vocês, meus poucos mas fiéis leitores, desde já avisados e devidamente convocados pro furdunço.

Até.

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized