>CAETANO VELOSO

>

Ouvi daqui, graças a mecanismos que nem sei quais são, o brado de meus poucos mas fiéis leitores:

– Fala do Caetano! Fala do Caetano!

Mas falar o quê?! – fiquei pensando com meus botões cada vez mais esgarçados.

O filho de dona Canô chamou o Presidente da República de “analfabeto”, de “cafona” e de “grosseiro”. Não reside aí, na própria manifestação de seu pensamento carregado de preconceito e ódio, o lamentável retrato do compositor baiano?

Caetano Veloso está para a política (e para o povo brasileiro) assim como Moacyr Luz está para os botequins (e para o povo genuinamente carioca).

Jogam contra nós (e na mesma direção).

O primeiro, ao andar de mãos dadas com Fernando Henrique Cardoso (com quem anda cada vez mais parecido), o segundo ao andar de mãos dadas com Roberta Sudbrack, ex-cozinheira de FHC e autora de um inacreditável livro com receitas de alta gastronomia para cães (acham que é mentira, não acham? Pois confiram aqui).

O primeiro, ao faltar com o respeito, de forma inadmissível, com o Presidente da República, a quem espinafrou durante uma patética entrevista ao ESTADO DE SÃO PAULO, o segundo ao faltar com o respeito com um buteco da estirpe do BIP BIP, lutando contra sua inclusão na próxima edição do GUIA RIO BOTEQUIM.

O primeiro, ao elogiar o pré-candidato do PSDB na eleições de 2010 – “Serra representa o que tem de realmente bom e as conquistas mais importantes do governo Fernando Henrique Cardoso. Ele teve uma passagem brilhante pelo Ministério da Saúde, tomou atitudes corajosas e obteve conquistas que trouxeram respeitabilidade ao Brasil.” -, o segundo ao elogiar a patética matéria da sexta-feira passada no jornal O GLOBO“Li com orgulho o suplemento Rio-Show aonde nosso querido Guilherme Studart foi capa e mais inúmeras páginas de birosca e baixa gastronomia.”.

Ambos, se é que você me entendem, cada um a seu modo (e guardadas as devidas proporções), se preocupam mais com o limão do mictório do que com o limão da casa.

Pra encerrar, uma fotografia do filho de dona Canô, que fala sozinha.

Caetano Veloso e ACM

Até.

P.S.: proponho o lançamento de uma campanha… CAETANO VELOSO, DOUTOR HONORIS CAUSA DA UNIBAN

Anúncios

18 Comentários

Arquivado em Uncategorized

18 Respostas para “>CAETANO VELOSO

  1. >Edu, nessa eu vou – em homenagem ao Flamengo, que está merecendo, devo reconhecer – com o rubro-negro João Nogueira:"Iô-iô você exalta a Bahia porém nunca mais por lá ficou e deu pra falar mal do Rio morando aos pés do redentor Até que no início você parecia que era um bom rapaz Mas com essa mania de estar todo dia em jornal: Falou demais iô-iô olha o homem que é homem não muda que nem você mudou Não cospe no prato que come nem vai contra o povo que o sagrou em que casa de marimbondo você foi mexer porque é falador e agora só vai ser chamado de iô-iô iô-iô que arapuca você colocou a carroça na frente dos bois e macaco velho não põe a mão em cumbuca e você pôs Você vive inventando moda jogada pra estar sempre em cartaz e é tanta conversa fiada que ninguém agüenta mais agiu de má fé nas paradas só que dessa vez ninguém engoliu e cai numa mesma mancada que agora é uma boca de funil ninguém mexe com quem tá quieto ainda mais carioca que é gozador e agora só vai ser chamado de iô-iô"Dizer mais o que?abração,Daniel A.

  2. >Edu, tudo bem? Escutei essa notícia na rádio, fiquei com uma puta raiva. O Caetano Veloso é bom fazendo música, para outras coisas, seus palpites são absurdos. Para mim o Lula é o melhor presidente do mundo, e digo mais, o Brasil virou o melhor país o queridinho dos investidores, imagina se ele fosse inteligente então.

  3. >O compositor baiano, por quem artisticamente nutro imensa admiração, tá merecendo um: Por qué no te callas, Caetano!Ainda que ele tenha o direito de achar e pensar o que quiser, achei também muito grosseira a maneira como ele se referiu ao presidente da República.

  4. >Achei essa sua campanha contra o Becoza e o Rio Show excessiva desde o começo, mas vá lá. Agora, comparar um ególatra leviano e manipulador como Caetano a um músico e ser humano da estirpe do Moacyr Luz é extrapolar seus ódios pessoais na direção errada. Tem dó.

  5. >Mauricio Caleiro: não sei se você terá paciência para ler o que tenho a lhe dizer, mas direi mesmo assim. Vamos por partes:01) não faço qualquer espécie de "campanha contra o Becoza e o Rio Show", que dirá excessiva;02) Juarez Becoza não existe, trata-se apenas de um personagem do jornalista, seu colega, Paulo Mussoi, a quem faço críticas, apenas (como as faço com relação à revista que vem encartada no jornal O GLOBO às sextas-feiras);03) também não comparei "um ególatra leviano e manipulador como Caetano a um músico e ser humano da estirpe do Moacyr Luz";04) o que eu fiz, e talvez eu não tenho sido claro – peço desculpas – foi comparar a postura de ambos, diante da mídia, com relação a assuntos diferentes;05) os dois são diametralmente diferentes. Um é baiano, o outro é carioca; um eu não conheço, com o outro já travei uma amizade estreita o bastante para conhecê-lo; um é irmão da Maria Bethânia, o outro é filho único. Enfim, são imensas as diferenças. E o Caetano, justiça seja feita, é infinitamente mais insuportável e prejudicial;06) segue você, me permita, equivocadíssimo. Eu não guardo "ódios pessoais" contra ninguém, nem mesmo contra o Moacyr, que é o que você sugere.Procure saber, para cometer menos injustiças, diretamente com o músico e o ser humano de alta estirpe, Moacyr Luz, quem tem ódio de quem nesse quadro que você (mal, me perdoe de novo) desenha.Saudações.

  6. >Faço minhas quase todas as palavras do crítico Régis Bonvicino:"É bastante provável que Caetano Veloso vá votar em Marina Silva porque ela é (embora disfarce) criacionista, ou seja, não acredita na evolução das espécies, em Darwin. O CD "Zii e Zie" (2009) não fez sucesso. O filme "Coração Vagabundo" (2009) idem. Veloso não produz nada digno de nota há duas décadas. Seu momento pós-tropicalista é desigual. Seu cancioneiro lírico-amoroso, basicamente, heterossexual, é papai-mamãe, convencional…Veloso é abstratizante – vago, para parecer profundo. Não há concretude de linguagem, exceto no curto período tropicalista. E, depois, aqui e acolá. Suas canções são musicalmente pobres, quadradas, sem a força primitiva das de um Benjor…Como não faz mais sucesso de estima e nunca fez de massa, Veloso se vale da velha tática. Atacar alguém, para levar público ao show. Desta vez, foi Lula, chamado de “analfabeto” e “grosseiro e cafona”.Quis surfar em popularidade alheia… Ao ser indagado sobre a Lei Rouanet, do qual tem se beneficiado há década, Veloso se calou, saindo-se com essa: “Não sou muito bom nesse negócio”. Imagine se fosse. Dois exemplos recentes: a turnê do medíocre "Zii e Zie" foi autorizada a captar recursos milionários por Juca Ferreira, contra parecer da comissão do MinC "Coração Vagabundo" foi igualmente em parte financiado por essa Lei.Ou seja, ele foge do debate de assuntos culturais. Esconde sua cabeça, como sempre fez. A Lei Rouanet transformou a cultura em objeto de comunicação social de corporações: na verdade, acabou com a cultura, com o conceito de o Estado amparar a cultura e não estimulou a criação de um mercado, que é pujante no liberalismo anglo-americano, que Veloso, na mesma entrevista, declara-se admirador… Veloso, como aponta Francisco Alambert, em nome da cultura, promoveu, desde os tempos do tropicalismo, a indistinção geral. O que no tropicalismo era, entretanto, abertura, tornou-se mero mecanismo de mercado, farsa.Veloso incorporou do conceito de Lévi-Strauss o termo “enriquecimento esclarecido”. Por isso talvez admire políticos quatrocentões como Aécio Neves, Ciro Gomes ou Mangabeira Unger…Em virtude de seu “enriquecimento esclarecido” talvez critique a “vulgaridade” de Lula… O governo Lula tem problemas, falhas, mas Luis Inácio Lula da Silva é opresidente mais forte que o Brasil teve depois de Getúlio Vargas. É um mito, aqui e alhures, com uma trajetória política. O “literato” Sarney fala bem e, como Veloso sabe, proibiu o filme "Je vous salue Marie", de Jean-Luc Godard, quando era “presidente”.Não votarei em Marina Silva. Ela integrou o governo Lula por seis anos e, nesse período, não executou um projeto sequer de peso. Limitou-se a “bloquear” a ação alheia, segundo divulga. Suas opiniões são as de um cidadão comum, embora tenha sido Ministra de Estado. Não se fez propositiva, não se impôs. Ela não é a soma de Lula da Silva e Barack Obama, como a “define” Veloso napoleonicamente. A senadora é evangélica. Missionária da Assembléia de Deus. Líder informal dessa bancada temática no Congresso. Uma Sarah Palin, “à esquerda”. No Partido Verde milita um Sarney. A bióloga Cláudia Magalhães denunciou (Época, 21 de maio de 2008) que, quando Ministra, promovia rezas evangélicas em seu gabinete e discriminava outras religiões. Relata que ela ganhou uma carranca no Festival Ecocultural do São Francisco, em Brasília, e se recusou a receber o presente, deixando a festa. Magalhães informa que a Ministra tinha “um Pastor particular”, chamado Roberto Vieira, que recebia seus honorários pela Unesco.A República foi proclamada há cem anos: religião não pode se confundir com Estado. O tema do resgate do meio ambiente – central para humanidade – não qualifica por si só Marina Silva a ser presidente do Brasil. Seria interessante que Veloso tivesse estudado “direito”, nos dois sentidos. Veloso é um "old fashion", que ainda se sente “antena da raça”, porta-voz da sociedade – congelado no espírito messiânico dos anos 60, do qual foi, relativamente, beneficiário à revelia…

  7. >É lamentavel ver o que não faz um cachê bem pago.Edu mudando o assunto, é triste ver mais uma vez o Campeonato Brasileiro sendo decidido nos bastidores, espero de coração que o Flamengo, unico time que está jogando bola nesta reta final leve o Titulo.Poís meu Palmeiras não leva mais essa.

  8. >Claudio Renato,Confesso que nunca tinha ouvido falar do crítico Régis Bonvicino, mas suas palavras foram precisas.Caetano e Gil, a dupla tropicália, esbaldou-se com a Lei Rouanet. Aliás, o MinC, sob a batuta do Ministro Gil, foi uma vergonha do início ao fim. E Juca Ferreira, gestor um pouco melhor do que o "conectado" Gilberto Gil, não fez nem faz algo que mereça menção.Marina Silva? Essa é um embuste dos pés a cabeça!2010 é uma incógnita e o Planalto segue com opções em aberto.Porém, o que fica cristalino como água e sabido até ao mundo mineral é que Lula é um dos maiores líderes da história do Planeta, tendo em seus dois mandatos um saldo positivo, mesmo com toda a roubalheira promovida pelo seu partido. (Paradoxal, né)?Abs,R.Pian

  9. >Caro Edu,Como bem disse o ilustre amazonense José Ribamar Bessa, Professor da UFRJ, Caetano "reforça o o preconceito e a visão cartorial de quem acha que o saber é conferido apenas pela escola e pelo diploma.Ofende os sábios da oralidade". Ao que me consta, mestre Cartola não frequentou nenhuma universidade.E as parteiras aqui do interior do meu estado, o que dizer?É um idiota sobrevivente de factóides.Deu-se ao trabalho de um dia citar Lévi-Strauss. Certamente o fez por cacoetes de falso intelectual, caso contrário saberia que o pensador mostrou ao mundo a grande contribuição que os indígenas da amazônia deram à humanidade com suas formas de pensar, com sua sabedoria.Abraço,Alfredo

  10. >Peraí, mais da metade das palavras do "crítico" Régis Bonvicino foram lixo puro. Que me perdoe o comentarista Claudio Renato (me perdi nas aspas e não sei o que é do "crítico" e o que é dele – já concordei com o mesmo em comentários anteriores) mas chamar a Marina Silva de "Sarah Palin da esquerda" é no mínimo esculachar o próprio Lula que a manteve no governo por anos. É pelo fato de ela ser evangélica? Sério? Afirmar que ela bloqueou o governo e não ver que claramente ela foi a bloqueada é miopia. Digo isso com a tranquilidade de eleitor do Lula e provável da Dilma. Acho que temos que defender politicamente o Lula mas a opinião está totalmente cega. Argumentar que tem Sarney no PV é patético depois da barricada que o governo fez pro papai Sarney no Senado. O Unger (do partido do Bispo Macedo e do vice Alencar) foi nomeado semi-ministro pelo próprio Lula. Ciro Gomes é a carta na manga caso a Dilma não role. Peraê… devagar com o andor!Outra coisa. Claro que achei as declarações do Caetano escrotas e preconceituosas e que são, no mínimo, estranhos seus patrocínios governamentais e tal. Porém, responder ou tentar argumentar com uma crítica bisonha dessas que usa expressões como "Seu cancioneiro lírico-amoroso, basicamente, heterossexual, é papai-mamãe, convencional…Veloso é abstratizante – vago, para parecer profundo"… nossa, quanta MERDA. O cara misturou tudo e resultou numa salada muito da mal-feita.Digo mais: acho "Zii e zie" um bom disco, mas isso já é problema meu.Fiquei ainda mais impressionado com o endosso do caríssimo Pian, que vinha tendo boa atuação por aqui.Falar em roubalheira do PT e esquecer que transita entre as fileiras do PMDB foi um lapso hein, Pian? Jura que quer comparar?Abraços.

  11. >Oi, Léo.É tudo do Régis. Adverti que concordava com quase tudo, não tudo o que ele dizia. Também não conheço o crítico, mas o texto me foi repassado de manhã cedo pelo jornalista e poeta Bruno Cattoni.Eu sou fã do Gilberto Gil. E não gosto muito de misturar Caetano com Gil. São duas pessoas muito diferentes. Um abraço!

  12. >Boechat,Não sou de partido algum, por enquanto.E roubalheira temos no PT, PMDB, PSDB e todas as outras legendas…O expediente da comparação é inútil, meu amigo! Qual a diferença entre eles?E transitar por transitar, eu transito em cada pântano caudaloso que tu não fazes ideia. Mas nem por isso me considero crocodilo.Abraços,R.Pian

  13. >Oi, Claudio Renatoespero que não tenha ficado chateado com minhas "críticas" ao "crítico"!Justamente essa mistura total de assuntos diferentes pra argumentar contra outros que não têm nada a ver é que me incomodou mais.Abraço!

  14. >Que isso, Léo! Eu nem sei quem é o cara! Só gostei porque desmistifica a suposta profundidade das letras de Caetano e denuncia a história do último CD e do último filme.Abraço!

  15. >Pian,assim seja! Desvie dos crocodilos e da crocodilagem. Torço sinceramente por isso. Agora não esperava você embarcar nesse texto horrível do Régis Bonvicino!Abraço,Boechat

  16. >Boechat,Nem embarquei muito na parte em que ele condena o pentecostalismo da Marina. Isso é generalização apressada e preconceituosa, mesmo a ex-ministra sendo o embuste que é.Minha concordância com o tal crítico residiu mais no escancarado favorecimento que a "tropicália" deu aos seus cupinchas de projetinhos de terceira categoria através da Lei Rouanet.Trabalhei um bom tempo com projetos culturais e sofria demais com as bandalheiras do MinC do Gil.Confesso que nem dei tanta bola ao restante das "críticas do crítico" e talvez tenha eu me precipitado um pouco por ter tido como "precisas" todas as suas palavras.Agora, "Seu cancioneiro lírico-amoroso, basicamente, heterossexual, é papai-mamãe, convencional…" é demais!Eu adorei!! Hehehe!Um grande abraço do cupincha lambari,R.Pian

  17. >Edu, eu nunca gostei do Caetano. Ouvia "Gosto muito de você leãozinho (quando era adolescente com meus cabelos de tais) … I'm wandering round and round, nowhere to go (quando ficava dando volta na única praça perto de casa) … Ás vezes, no silêncio da noite (o primeiro pé na bunda)". Achava legal e tudo mais. Mas não entrava. Nunca entendi essa classe artistica. Nunca consegui alcançar o tom da voz dele e das musicas que faz. E acho que vou morrer assim. Porque não gosto dele como músico ou cantor. Parece que está sempre gemendo.E dai vem ele, que devia dar o exemplo, chamar o presidente de anlfabeto e outras coisas. De politica não entendo nada. Mas perai. Nem se chamasse o meu cachorro disso. Não pode. Além de ser falta de educação, percute.Quer ajudar, cala a boca. Não quer ajudar, continua calado. Ou então vai comer vatapá!Abracos Edu.

  18. >Edu, acho que é isso, andar conforme a maré. Me irrita. Mas voltei aqui só por porque lembrei (você falou tanto dela) que o Lula não ficou com a Roberta. Lembra? Ele não quis ela na cozinha dele. abcs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s