OS DEBATES POLÍTICOS DO PSOL

Eu falo, falo, falo, incomodo os filiados do PSOL, e sei que muitos de vocês dizem, enquanto me lêem:

– O Edu é um exagerado.

Mas vejam vocês mesmos o flagrante abaixo, feito no Buraco do Lume, durante um debate político promovido pelo PSOL.

fotografia retirada do site do deputado federal Chico Alencar

Sem contar, evidentemente, com o deputado federal Chico Alencar, trepado no caixote, sem contar também com os dois gordinhos (um à esquerda do deputado, segurança, talvez, e o outro segurando a faixa na qual se lê FORA SARNEY), há apenas uma (com a ênfase szegeriana) pessoa na fotografia; e olhando para o fundo, não prestando atenção alguma ao que dizia o parlamentar do PSOL (bem atrás do patético boneco do Mickey com a cabeça do Sarney, e eu não entendi a piada).

Provo, assim, que sou preciso do início ao fim quando digo que há um deserto de vivos e mortos nos debates políticos promovidos pelo PSOL às sextas-feiras, no Buraco do Lume.

Até.

Anúncios

21 Comentários

Arquivado em política

21 Respostas para “OS DEBATES POLÍTICOS DO PSOL

  1. >Bom dia.Estou me divertindo com o seu blog.Mas você gosta de chutar cachorro morto, rapaz.Cláudio

  2. >Este partido é uma vergonha, Edu.

  3. >Hilário, Edu! Definitivamente.

  4. >Genial!A mais pura verdade, Edu!Há uns dias, no FORUM daqui de Cabo Frio, eu estava no elevador, quando um advogado conhecido me perguntou se eu iria participar de um seminário de segurança pública na Cidade, dizendo que iria ter a participação de um Deputado Estadual do PSOL, cujo o nome esqueci. Eu respondi sorrindo que se eu ficasse no mesmo ambiente que um deputado do PSOL a Cidade iria ter mais um problema de segurança pública.Eu e esse advogado quase infartamos de tanto rir, quando fomos interpelados por outro advogado, com um terno impecávelmente alinhado, mas com o cabelo que não via uma água há semanas.- Pô cara… aê… eu apoio o PSOL.A causa deles é justa, aê… qual o problema…Nessa hora, o elevador ficou em um silêncio como no último minuto da final de 1950.Para tentar amansar as coisas, respondi.- Eu sei como é, quando mais jovem, eu pensava exatamente desta forma, era da convergência socialista do PT (atual PSOL), participava de manifestações, lia marx e galeano e acreditava naquela balela, tinha até camisa do che…Aí, ele perguntou:- Pô cara, que aconteceu?Nessa hora, a porta do elevador abriu no meu andar e eu saí respondendo:- Eu cresci.Abraços, meu irmão! P.S.: (quando é que vamos ter o "Meu Lar é o Botequim 2 – A Missão")?

  5. >Claudio Renato: não acho que o PSOL seja exatamente um "cachorro morto". Cachorros mortos não saem por aí espumando ódio, jurando de morte os que discordam da papagaiada promovida pelo partido de colete, sabe? Um abraço, seja bem chegado.Andreazza: acho que o correto seria dizer que essa vergonha é um partido. Forte abraço.Bezerra: hilário e triste ao mesmo tempo. Não? Um abraço.Salve, Felipe! Eis o que se deve gritar aos meninos e meninas que participam das passeatas na orla marítima empunhando cartazes do PSOL: envelhaçam! E salve Nelson Rodrigues. Quanto ao livro, valha-se de sua influência na Região dos Lagos e consiga uma editora pra mim. A que editou meu livro, fechou! Forte abraço.

  6. >Bem vejo no que este antigo "buteco" está se transformando: reduto de um reacionarismo preconceituoso e absolutamente carente de disposição para o debate. Onde estão Luiz Carlos Fraga, Zé Sérgio Rocha, o meu povo que eu aqui gostava de encontrar? Há muito não dão as caras… Lembrei das velhas idéias sobre a geração espontânea: junte um punhado de trapos, uns restos de comida, e em pouco tempo teremos a proliferação dos ratos. A ciência com o tempo elucidou o fato que hoje nos soa óbvio: os ratos sempre estiveram rondando; apenas aguardam o ambiente propício para dar as caras.

  7. >Mano Szegeri: o "antigo buteco", ao menos no que toca ao dono, não tem espaço no balcão, nem disposição, para o debate político. O foco é sobre esse PSOL e suas festas no velho centro do Rio. E só. Não venha me dizer que quem não respeita o modus operandi do PSOL é reacionário, por favor. Você bem me conhece. Beijo.

  8. >O PSOL é um partido um tanto chato, constituído de gente intolerante, mas minha luta não acontece dentre os que ainda acreditam na possibilidade de um outro mundo. Me volto com muito mais ímpeto aos tucanos, demistas, militaristas e uma elite cruel e insana. Não gosto da comparação com a frase do Nelson Rodrigues (Jovens, envelheçam), pois cheguei aos 49 anos e continuo acreditando e lutando por um mundo diferente, mais justo, humano e igualitário. E disso não me afastarei jamais. Só não faço uso de ser extremado, me tornando uma espécie de lunático. Sei que não ocorrerá mais revolução nenhuma que transforme esse mundo, mas continuarei lutando contra as injustiças, porém, com os pés no chãoAbracitos Bauruenses (www.mafuadohpa.blogspot.com)HENRIQUE PERAZZI DE AQUINO

  9. >Você tem razão. O PSTU é um cão hidrófobo. Um cachorro agonizante…Lamento pelo Chico Alencar, que é boa-praça, mas…

  10. >Concordo com o Szegeri.

  11. >Sze, isso tá me parecendo briga de pai e filho. Você que é irmão, pode se meter. Eu prefiro ficar em cima do muro para pedir caaaalmaaa!

  12. >Concordo com o Zé Sergio, também. Apesar de achar que esse negócio de ficar em cima do muro é tucano demais, hein?

  13. >Sou, neste momento, anarcopetitucano e antipemedebista, Leo. Leia mais meu blog para entender, porra!

  14. >Bemoreira: dando a você a explicação que você merece, tome nota…01) o Zé Sergio É tucano. Esse papo de que vai votar no piano (quem o lê sabe do que estou falando) é balela;02) se você concorda com ele, você está errado. Não há briga, querido, muito menos de pai e filho. Fui destituído, há muito, do que cargo que ocupei à fórceps e imaginariamente. O que há, apenas e simplesmente, é uma tremenda tolice… Só uma besta, do alto da cabeça à sola dos sapatos, rasga nomes de sua lista de afetos por conta de meras divergências que eu nem chamaria de políticas, mas de comportamentais e posturais.Abraço.

  15. >Eu leio o Zé Sergio. Só mantenho a tradição de encher o saco dele pelo seu PSDBismo.Na verdade, fui muito lacônico em minhas concordâncias com os leitores citados:Concordo com o Szegeri de que sempre pode ocorrer proliferação reaça quando o assunto é esculhambar o PSOL. Veja bem: não estou sugerindo evitar o tema, só faço a observação.Com o Zé, concordei em "pedir caaaalmaaa", mas, lendo depois, até achei bobagem. Compreendo sua explicação no item 02) e já lhe dei minha opinião pessoalmente.Abração

  16. >Caraca, Edu!A celeuma em torno do seu texto está muito mais animada que o comício cuja foto ilustra (e comprova) o post. Abraços!

  17. >Da próxima vez, você substitui a sigla PSOL por DEM, que o pessoal não te perturba…Abrçs!

  18. >Não sou tucano. Sou PSD mineiro cruza com papagaio de pirata, sempre com um copo na mão atrás dos personagens centrais, pacificando os ânimos, pedindo caaaaaaalmaaaaaa

  19. >Tem mais gente aqui debatendo o PSOL do que Psol no buraco do Lume.AbraçoCoelho

  20. >Ei, gente… Vamos beber? Bemoreira aparecendo, Zé Sérgio dando pitaco, até os ares já são outros… Só falta o Fraguinha e o Velho, pra eu achar que tudo não passou de um sonho ruim.

  21. Pingback: O SUCESSO DO PSOL | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s