PROVAS CABAIS

Em 07 de novembro de 2008, escrevi Palmeiras: um fenômeno no Rio, leiam aqui, texto que fez um tremendo sucesso gerando, até o presente momento, 48 comentários. Tratava do fênomeno, cuja causa ainda desconheço, que é a proliferação aguda de torcedores do Palmeiras na minha mui leal e amada cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Lá eu disse, a certa altura:

“Todos os dias – eu disse TODOS, com a ênfase szegeriana – eu esbarro com pelo menos uma pessoa envergando, orgulhosa, a camisa do Palmeiras. E eu disse “pelo menos uma” porque às vezes – estou sendo preciso do início ao fim – eu esbarro com duas, três, quatro, cinco camisas do Palmeiras, no mesmo dia, em horários e locais diferentes.”

Em 12 de dezembro do mesmo ano, e sobre o mesmo tema, escrevi Provas cabais, leiam aqui.

Nove dias depois, em 21 de dezembro, escrevi Provas cabais, repetindo o nome e o mote, leiam aqui.

De lá pra cá, preciso confessar, as provas cabais não pararam de espocar diante de mim. Mas não é possível que eu fique, dia após dia, apenas para provar a meus poucos mas fiéis leitores que sou preciso do início ao fim – troço que prescinde desse tipo de coisa… – , fotografando desconhecidos na rua que torcem pelo Palmeiras, que estampam, na rua, às escâncaras, sua paixão palestrina.

Ocorre que hoje eu não resisti.

Antes, porém, quero dedicar a publicação de mais essa foto, mais essa prova cabal do que digo sobre a paixão palmeirense que se manifesta no Rio de Janeiro, a Fernando Szegeri, funcionário público e palmeirense, e a Julio Vellozo, comunista e corinthiano. Ao primeiro por razões evidentes: foi pra ele que bati o rádio quando dei de cara com o caboclo abaixo. E ao segundo porque ele é um que insiste em dizer que o time do povo é mesmo o Corinthians, que o homem simples, humilde, o autêntico representante do povo é corinthiano.

Eu sempre digo a ele que isso não corresponde à verdade, ao menos no Rio.

Os corinthianos aqui são banqueiros, investidores, quatrocentões fora de esquadro, o povo humilde do Rio de Janeiro que torce para algum clube paulista torce mesmo é para o Palmeiras.

(ouço daqui a voz de minha irmã me acusando de ser palmeirense e não rubro-negro)

Pois estava eu almoçando no Largo do Machado, sozinho, quando avistei um plaqueiro com a camisa do Palmeiras.

Bati o rádio pro homem da barba amazônica.

E ele deu a ordem:

– Fotografe! Fotografe!

Terminado o almoço, paga a conta, fui ao plaqueiro:

– Chefia, posso tirar uma foto tua com a camisa do Palmeiras pra mostrar pra uns amigos lá de São Paulo?

Ele, já tirando a placa do corpo, disse:

– Claro! Manda bala!

E eu:

– Não, não! Só afasta pra aparecer o escudo… eu disse que você era plaqueiro, eles precisam ver o anúncio…

Autorizado, fiz a foto.

torcedor do Palmeiras no Largo do Machado, Rio de Janeiro, 08 de maio de 2009

Mais uma prova cabal de que a precisão é minha companheira.

Até.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em futebol

6 Respostas para “PROVAS CABAIS

  1. >Foi por causa do primeiro texto – Provas Cabais – que conheci o seu blog (recomendado por um amigo também da blogsfera). E por meio do comentário que fiz lá (e outro e mais outro), acabei conhecendo uma pessoa pra lá de especial, muitíssimo querida! É isso Edu! Você acabou propiciando, mesmo sem saber, um grande encontro! No mais, continue, continue com as fotos (provas). Adoooro!Beijo.

  2. >Da última vez que estive no Rio, cruzei com três palmeirenses na rua – Favela é prova de que fiz este comunicado, pouco antes de tomarmos o metrô rumo à Afonso Pena.

  3. >Tenho a impessão que esses caras te perseguem… Que Deus te abençõe sempre.

  4. Pingback: A INVASÃO PALESTRINA | BUTECO DO EDU

  5. Pingback: Não Tem Explicação!? «

  6. Gustavo

    Sou palmeirense do interior de Sp…e me emociono toda vez que vejo a força Palestrina Brasil a fora…. demais…parabens pelo blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s