>INACREDITÁVEL

>

Eu havia prometido a mim mesmo JAMAIS voltar a tocar no assunto. Seguindo, talvez, conselho de meu queridíssimo amigo, Luiz Antonio Simas, de não acender muita vela pra pouco defunto. Mas o cara é insuperável (e insuportável).

nota publicada no SEGUNDO CADERNO do jornal O GLOBO de 30 de agosto de 2008

A livraria do meu coração (onde aconteceu o “lançamendo” – sic – do dito livro) NÃO fica na rua do Rosário.

Pra dizer (apenas) o mínimo.

Até.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s