MAIS SOBRE O BELMONTE NA SÃO SALVADOR

Vocês hão de lembrar! Em 09 de abril de 2008 escrevi Belmonte rima com desmonte (pode ser lido aqui). A denúncia rendeu (até o momento) 29 comentários. No dia seguinte, pego de surpresa por uma notícia envolvendo o mesmo fato, escrevi Adega da Praça: vendida? (leia aqui). Alguns dias depois, publiquei Bel(monte) de merda (leiam aqui).

Hoje, para minha agradável surpresa (é sempre legal saber que o balcão do Buteco junta cada vez mais gente que pensa como eu!), recebi atencioso email de uma leitora, a Bárbara Oliveira, moradora de Laranjeiras e freqüentadora (ou ex-freqüentadora…) da Adega da Praça, na São Salvador, com uma desagradável (mas previsível, convenhamos) surpresa.

A Bárbara, gentilmente, autorizou a publicação, na íntegra, de seu email. Ei-lo:

“Oi, Edu! Você não me conhece nem eu te conheço pessoalmente, mas leio seu blog há muitos meses e me identifico muito com vc e sua maneira de pensar e agir.

Moro em Laranjeiras há mais de 16 anos e durante todo esse tempo venho frequentando, com incrível regularidade, a Casa Brasil, na Praça São Salvador – no mínimo, 2 vezes por semana, seja para uma refeição rápida e simples nos fins de semana, seja para um (uns) chopinhos com amigos, a qualquer hora. Conhecia todos os garçons, sempre simpaticíssimos e brincalhões, praticamente amigos meus e de meus amigos; conhecia os donos e com eles conversava sempre. O clima era o de um maravilhoso pé-sujo de bairro, daqueles nos quais os fregueses se conheciam e se cumprimentavam.

Agora, o bar foi vendido e, segundo soube, assumiram o lugar os sócios do Belmonte. As mudanças – para pior – são tão evidentes e foram tão rapidamente introduzidas que não resistí à tentação de te escrever contando.

São elas:

* Os preços aumentaram imediatamente.

* TODAS as refeições vinham acompanhadas, invariavelmente, de arroz, feijão e farofa. Isso acabou.

* 99% dos garçons antigos foram demitidos e substituídos por outros, que chocam pela total falta de simpatia/empatia com nós, fregueses antiquíssimos.

* A pizza, que era um espetáculo (nada dessas pizzas de hoje, fininhas, não; era aquela pizza de antigamente, para mim, a verdadeira, com massa grossinha e um queijo maravilhoso que, mesmo depois de gelado, permanecia macio), está horrorosa: trocaram o queijo e, agora, a pizza que eu tanto amava, não passa de um chiclete borbulhante.

* Novos “petiscos” foram introduzidos no cardápio, sim, mas todos com aquele “ar de Belmonte”, como as empadas – oferecidas insistentemente por um garçom que fica circulando pelo bar.

* Os banheiros – principal “ponto fraco” do antigo bar, esses não foram mexidos: para nós, mulheres, irmos ao nosso, temos que passar necessariamente pela frente do banheiro masculino, imprensadas entre a porta e barris de chope, e vemos, INVARIAVELMENTE, um homem fazendo xixi com a porta escancarada. A simples troca da ordem dos banheiros – o das mulheres primeiro – resolveria isso.

* No último sábado (26/4) fui lá almoçar com uma amiga e, depois de bebermos alguns (ok, muitos) chopes, decidimos que não tínhamos fome suficiente para pedirmos 2 pratos, e solicitamos ao garçom que nos trouxesse uma refeição completa de carne assada com nhoque, para dividirmos. Ele, de PÉSSIMA vontade, imediatamente alegou que “o prato era para apenas 1 pessoa”, que “nós não conseguiríamos dividí-lo”, enfim, para resumir: diante da nossa insistência, ele simplesmente disse que mandaria outro garçom para nos servir. E foi o que fez, após virar-nos as costas estupidamente. Ao chegar, o outro garçom explicou – ainda não sabíamos – que o prato não vinha mais com os acompanhamentos de antigamente (arroz, feijão e farofa), embora o preço tivesse sido reajustado em cerca de R$ 3. Pagamos a conta e fomos embora beber em outro local, onde dividimos um magnífico – e enorme – filé com fritas e tomamos mais alguns chopes.

Infelizmente para nós, a Casa Brasil já era. E os sócios do Belmonte(de merda) mais uma vez põe suas manguinhas de fora e nos impõem um padrão de “bar” que não condiz com nossa maneira de ver a vida, não atende às nossas necessidades, não nos alegra os começos de noite, não nos consola nos momentos de tristeza nem compartilha das nossas alegrias.

Bjs,

Bárbara Oliveira”

Até.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em botequim

5 Respostas para “MAIS SOBRE O BELMONTE NA SÃO SALVADOR

  1. >é verdade, eu sei de restaurante em que o garçom diz que “É PROIBIDO dividir pratos”. Hahaha, não conhecia essa lei…

  2. >Du , apesar de não ter conhecido a CASA BRASIl , pelo que seus leitores escrevem a Casa era frequentada por autenticos ” butiquineiros ” , certo ?? e pelo visto era de agrado total , perfeito ?? Se é verdade que a grande maioria que frequentava era ” butiquineiro de raiz ” porque não fazem uma greve radical e NINGUEM mais nem passa pela porta da Casa Brasil?? Sabes que sou um ” butiquineiro meio fajuto ” , mas me conheces bem para deduzir que se fosse eu , e eu não gostando da mudança , NUNCA MAIS voltaria lá ..seria a mesma coisa que a CASA tivesse ruído de vez.

  3. >Putz, coisa simples. Deixou de ser lugar bom? Fuja para outro! Têm muito beco bom por aí.Abraços.

  4. >Olha, sou moradora de Laranjeiras e também me sinto órfã da Casa Brasil, onde também fazia refeições quase diariamente.Depois da obra fui com uns amigos e fiquei apenas 2 minutos, o tempo de receber o cardápio e ver que os preço haviam aumentado consideravelmente.Sem pensar duas vezes, levantamos reclamando com o garçom e fomos comer em outro boteco revoltados com as mudanças.Meu marido está organizando um movimento de repúdio ao Bel(monte de merda)disfarçado de Casa brasil. Precisamos recrutar outros órfãos do boteco, para juntos ocuparmos todas as mesas, revezando se for o caso, apenas pedindo chop, dando prejuizo de uma cozinha fechada o dia inteiro!Alguém se habilita?

  5. Pingback: BELMONTE RIMA COM DESMONTE | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s