>DO NOSSO JEITINHO

>

Sempre que leio um texto que mexe comigo – lato sensu, emocionando, fazendo pensar, revoltando, que seja, me dando quase-raiva por não ter sido eu a escrevê-lo (como é o caso desse que ora indico!) – faço questão de espalhá-lo entre os amigos. O texto a que me refiro, especificamente, cujo trecho segue abaixo, merece mais. Merece ficar exposto permanentemente no balcão do BUTECO para que muita gente, e cada vez mais, tomara, leia a reflexão de meu irmão paulista, Fernando Szegeri.

“É sabido – e tenho tantas vezes insistido aqui – que a meia-dúzia que sempre se arvorou em dona do Brasil nunca suportou o povo brasileiro. Não gostam da comida que gostamos, desprezam nosso modo de viver, nossa música, nossa sabedoria, menoscabam nosso jeito de rezar e curar os males do corpo e da alma. É claro que as coisas do povo que nunca toleraram vez por outra entram na moda por um motivo qualquer e aí é um tal de dar-se um jeito de tudo ficar mais “higiênico”, mais branco, menos mestiço – foi assim com o carnaval, a religião, está sendo com o futebol, os butiquins etc. – , mas isso é assunto pra outras conversas.”

Leia DO NOSSO JEITINHO, na íntegra, aqui.

Até.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s