AMORES EXPRESSOS: E ELES SÃO GENIAIS…

Reconheço que têm algum talento, nem que seja o da perpetuação do engodo, alguns dos agraciados com viagens, dinheiro e outras mumunhas advindas do inacreditável projeto AMORES EXPRESSOS. Leiam mais sobre esse troço aqui.

Mas há um certo exagero na exposição dessas mumunhas, há uma certa falta de pudor que transforma o deboche da turma em motivo de chacota.

Leiam texto pinçado do blog de Cecilia Giannetti – confiram aqui:

“Hoje, às 15h, vou falar no auditório RDC da PUC. O quê, não sei. Mas costuma funcionar. Eu chego ao local, abro a boca e sai alguma coisa. O debate se chama “Além do livro” e eu presumo que se trate de eu discorrer sobre tudo o que eu faço que não seja livro. A mesa faz parte da Flap!, que chega ao Rio de Janeiro depois de três edições consecutivas em São Paulo.”

Abre a boca e sai o quê, hein? A organização dessa babaquice olímpica – a FLAP – sabia desse, digamos, método da palestrante? E como se sentirão, agora, lendo essa confissão, os palhaços que pra lá se dirigiram?

Seguramente, posso afirmar sem medo do erro, que a “coragem” da autora do blog – pensam assim, os bobalhões – foi motivo de pilhéria nas mesinhas da Mercearia.

A propósito, a moça, amiguinha – é evidente – do coordenador editorial do projeto, passou um mês em Berlim às custas de dinheiro público, fruto da farra das leis de incentivo cultural.

Até.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

6 Respostas para “AMORES EXPRESSOS: E ELES SÃO GENIAIS…

  1. >Ela pode ter falado sobre o sexo dos anjos, né? Só que esse tema, convenhamos, é mais velho do que a criação do mundo. Me garantiram que o não-tema da palestra foi o assunto do dia (ou melhor, da noite) lá no Pinga Pus, em Caicó. Desconfio, contudo, que o Pinga Pus – rival do famoso Cai Pedaço – talvez não mais exista. Mas a tal moça – com blogue e tudo o mais (fui lá conferir) – talvez não passe de pura ficção da flap, flep, flip, sei lá o quê. Abraços.

  2. >Essa foi dureza. Sem mais comentários.

  3. >Edu, por falar em enganadores, dá uma olhadinha nesse link abaixo:http://conversa-afiada.ig.com.br/materias/449001-449500/449100/449100_1.htmlTudo da mesma laia…Abraços!

  4. >O que poderia ser mais “flip” (o Mauro que nos perdoe) do que essa auto-suficiência e superioridade olímpica diante do trabalho que esses novos escritores não se cansam de demonstrar? Julgam-se numa posição elevada, todos bastam a si mesmos. O mundo os enfastia tanto que decidiram falar apenas de suas “personalidades”, e tudo o que lhes vêm a cabeça seria mais interessante do que qualquer idéia um pouco mais amarrada – afinal, isso é coisa de acadêmicos, de quem perde o tempo com literatura… Apenas alguns dígitos separam o desprezo da autora pelo público (que talvez esperasse algo além de um desfile de opiniões instantâneas, tipo assim, supersinceras, coisa que vem de dentro mesmo, sabe?) do escárnio dos lançadores de ovos. A ignorância descolada inventa a cultura do faz-de-conta, em que para ser genial basta imaginar que se é gênio. Mas no fundo são todos fúteis e descartáveis: não passarão – no vestibular.

  5. Pingback: EU SOU UM HUNO | BUTECO DO EDU

  6. Pingback: COMO PENSA O COORDENADOR EDITORIAL | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s