O ESPELHO DO BANHEIRO

Escrevo a pouco mais de 24h de meu aniversário de 38 anos (escrevi 38 anos e ecoou, atrás de mim, a gargalhada estrepitosa do Prata, menino de 87).

Se você é velho como eu há de se lembrar da mulher loura, um fantasma. A mulher loura, com algodões nas narinas, que assombrava os alunos dentro dos banheiros das escolas. Sua imagem surgia no espelho e ficava a repetir “Belmel, Belmel, Belmel…”. Caso você não saiba do que falo, leia mais aqui.

Falei da mulher loura apenas para falar do espelho do meu banheiro.

Breve pausa para uma explicação necessária: Dani, minha Sorriso Maracanã, está viajando a trabalho. O que significa dizer, por óbvio, que estou sozinho em casa com o Pepperoni. E eu, que sou um poltrão olímpico, ando para lá e para cá, dentro de casa, convocando sempre a companhia do meu personal vira-latas. Estar sozinho em casa, e saber, de antemão, que acordarei sozinho no dia de meus anos, que é amanhã – não custa repetir -, é, para mim, um troço rigorosamente deprimente. Deprimente e desanimador, eis que a primeira coisa que farei amanhã, ao levantar, será escovar os dentes. E por que desanimador?, vocês me perguntam. E eu responderei.

Fui, hoje, escovar meus dentes.

A mulher loura não estava lá, evidentemente. A mulher loura só aparece em banheiros de colégios, escolas, cursinhos. Quem estava lá era meu próprio fantasma, como já lhes adiantei ontem, leiam aqui.

E me submeti ao ritual humilhante de, com a boca cheia de espuma, ficar ouvindo, em silêncio quebrado apenas pelo atrito das cerdas da escova com meus dentes, palavras que me machucam:

– Velho! Múmia! Caduco! Arruinado! Senil!

Em som surround, como se meu banheiro fosse equipado com o mais moderno sistema de home theater, no mais alto volume, a gargalhada do Prata.

Falei em Prata e quero lhes contar uma coisa. Bateu-me o telefone, ontem à tarde, o meu caçula. Foi brevíssimo:

– Quantos anos você faz depois de amanhã?

– Trinta e oito.

Esperei uns quarenta, quarenta e cinco segundos de ruidosa risada.

– A Luísa faz 19.

E desligou.

Notem que sofro às vésperas de meu aniversário. Amanhã, aliás – desculpo-me desde já -, nada escreverei aqui. Antevejo que acordarei amaríssimo.

Minha coluna range, meu osso-do-pai-joão (que na zona sul neguinho chama de cóccix) dói de forma aguda, sofro de ptose parcial na pálpebra direita, estou pesado feito um paquiderme, tusso com uma regularidade de sino beneditino, tenho doída saudade dos meus que já partiram, e ajudando a piorar tudo, Fernando Szegeri, o maior ser humano de nossa época, a quem devoto amizade, dedica-se a me humilhar com requintes crudelíssimos.

Eu disse ajudando a piorar porque nada pode ser pior do que acordar, e justo no dia 27 de abril, sem a minha garota a meu lado.

Até.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em confissões

11 Respostas para “O ESPELHO DO BANHEIRO

  1. >(ANDRE CARONE – amcarone@uol.com.br)Caro Edu, antes de mais nada, antecipo os parabéns pelo aniversário. Passei a visitar sua página regularmente depois que me retorci de tanto rir com a hilariante lucidez do seu texto “Amores expressos: nojo anunciado”. Hoje venho indicar uma notícia não muito distante daquele escândalo, que talvez te interesse também: confira a páginahttp://www.cultura.gov.br/noticias/na_midia/index.php?p=25482&more=1&c=1&pb=1um grande abraço,André.http://www.cultura.gov.br/noticias/na_midia/index.php?p=25482&more=1&c=1&pb=1

  2. >Porra, Edu, quando estudava no Nossa Senhora da Piedade morria de medo de ir ao banheiro sozinho por causa da “loura”!

  3. >Irmão, o espelho denuncia marcas irreparáveis. Mas são apenas traços exteriores. Elogie-se pelos 38 anos que o espelho não alcança. Um abraço antecipado pela data.

  4. >Olha, Edu… Se te serve de consolo, o meu Flavinho aqui também fez 38 anos. Poucos dias antes de você, no dia 24 de abril. Como costumo dizer por aí, não troco meu modelo 69 por outro, não. De jeito nenhum! Beijão.

  5. >É, meu velho, estar sozinho pode ser uma merda. Mas a noite de amanhã há de te recompensar. Abraço.

  6. >Edu, não vou estar com você no seu aniversário. Fica aqui um beijo enorme e um apertinho no coração por não comemorar com você este dia.Beijo!

  7. >Uma vez que não há post para este dia, ficam os meus votos de feliz aniverário aqui.Muitos beijos Edu, e tudo de bom neste dia especial!Saudade,Nês

  8. >Já disse por torpedo mas, como não sei se você utiliza tal mídia, repito aqui:felicidades, meu velho!!!beijo.

  9. >Ai, céus! Escreve logo nisso aqui… Fica sempre a sensação de que foi seu último aniversário mesmo. Ela só acaba quando você escreve… Mesmo que eu vença a inércia e apareça no Trapiche para te ver.

  10. >O noticiário internacional dos jornalões é editado de forma que depõe contra o próprio jornalismo, seja através da manipulação da informação ou mesmo pelo silêncio comprometedor. O Brasil não fica atrás, nossa mídia é hoje conhecida como “GOLPISTA”. Veja a situação do jornal O Globo, voltou a incentivar a discórdia entre países sulamericanos. A manipulação da informação chega as raias da imbecilidade, como é o caso de Reinaldo Azevedo, pau-mandado da Elite Paulista, disse em seu blog (da Veja): “Lula construiu até hoje um único presídio, o de Catanduvas”. Tem credibilidade um jornalista como esse? Ou é um mentiroso a serviço da oposição, ou é um ignorante desinformado. O que a mídia golpista não pode desfazer é as conquistas do governo Lula, em 30 anos de luta após o início do movimento de reorganização sindical no Brasil, a classe trabalhadora vive agora o seu melhor período de vitórias. Leia tudo no DESABAFO PAÍS: http://desabafopais.blogspot.com. Com cara nova.

  11. Pingback: RJ X SP X RJ | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s