BELMONTE EM PARIS

Não, eu não estou delirando, mentindo, inventando, nada disso.

Deu na coluna Ancelmo Gois, escrita a dez mãos, n´O GLOBO de hoje:

“A rede carioca de botecos Belmonte, uma das pioneiras no estilo, digamos, pé-limpo, vai abrir uma franquia em Paris.”

Faço, aqui, a reprodução da propaganda (a que custo?), para que meu discurso de há anos ganhe contornos cada vez mais fortes de coerência.

Tomem nota de umas coisas (até mesmo para que seja mais divertido ler a quantidade de besteira que vem por aí, que a assessoria de imprensa que trabalha para esses bares-de-merda não dão ponto sem nó):

* Eu já havia dito aqui, aqui e aqui, que o cidadão que se apresenta como dono dessa rede Belmonte (que ainda engloba Codajás e Antônio´s) é apenas testa-de-ferro de um grupelho de investidores que não poupam esforços para destruir uma de nossas mais caras tradições, enganando milhares de azêmolas que pagam fortunas para fazer pose dentro dos lixos que se espalham como metástase pela cidade. Ou vocês acreditam que o humilde ex-garçom Antônio Rodrigues é, sozinho, como quer fazer crer a imprensa de merda que o bajula, dono dessa bosta toda?

* Que outro buteco – e falo dos autênticos, evidentemente – tem filial? Filial no Brasil? Que dirá, meus poucos mas fiéis leitores, em Paris?

* Muito em breve – logo após a inuguração da anunciada merda em terras francesas – os estabelecimentos da rede, aqui no Brasil, vão reproduzir os acepipes e os petiscos servidos aos europeus.

* Não duvido nada que seja anunciada a contratação do Chico (ex-garçom do Bracarense, sumidíssimo, aliás, e a gente sempre desconfia desses troços…) para trabalhar na primeira – outras muitas virão – franquia internacional da rede.

Tomem nota! Tomem nota!

Ah, sim! Eu ia me esquecendo! Um dos cinco redatores da coluna Ancelmo Góis, escreveu, hoje também, a seguinte nota:

“Tony Blair e a rainha-mãe, que vão assistir ao jogo entre Inglaterra e Brasil, na inauguração do novo Estádio de Wembley, em Londres, dia primeiro de junho, convidaram Lula para ir também.”

Segundo minha tijucana ignorância, a Rainha Mãe, Sua Majestade Rainha Elizabeth, nascida em 04 de agosto de 1900, morreu, aos 101 anos, em 30 de março de 2002.

Vamos ver se alguém de lá – em sede de O GLOBO tudo é possível – pede desculpas pela cagada amanhã.

Até.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em botequim, imprensa

11 Respostas para “BELMONTE EM PARIS

  1. >Arrisco até um palpite pro nome afrancesado da franqui de merda:BEAUMONT.Mas eu confio nos franceses. Eles (quer dizer, boa parte deles boicotam o Mc Donald’s. Tomara que boicotem o “Beaumont” também, pra que essa corja possa assistir – ao menos uma vez, porra! – o fracasso de um dos seus megalomaníacos empreendimentos.

  2. >Antevejo o Jota elogiando a magnífica porção de escargot embebida em champã.

  3. >Quer dizer que a rainha vai pintar no jogo do Brasil?! Porra, isso é que dá beber em “pé-limpo”…

  4. >Enfim… Impossível nao recordar a letra de Paris: de Santos Dumont aos travestisdo do Môa e do Aldir… Mas ainda prefiro o Môa cantando no Costa… Paris,Uma loura envolta em negligéeTon-sur-ton e degradéO meu francês é meio assimJabaculêE esse impasse:Me mudar da vila pra MontparnasseEu sei que o tempo urgeDo verde-amarelo pro bleu-blanc-rougeDa Conde Bonfan pro Moulin RougeTrês bien, que beleza:Ver o pandeiro tocar a MarselhesaPra cada merci beaucoupEu mando um n’a pás de quoiE lê samba, voilá!Com mon amour eu vou derreter(Dieu!)E qu’est ce que c’est que vous voulezSi la question é remexer?Paris, je t’aime!Eu voar pra ver

  5. >Porra, cada vez mais eu me surpreendo com a genialidade do Aldir. Que letra foda, hein?

  6. >De fato Sua Majestade Elizabeth II eh mae de uma penca e filha daquela conhecida como Rainha-Mae, que jah bateu as botas fazem uns anos…

  7. >Sinceramente, quanto ao lançamento do Belmonte em Paris, eu quero mais é que se foda! E torço para a concretização. Os europeus já exportaram tanta merda pra cá, é nossa vez agora…* e quem sabe se, na terra do Asterix, eles não descobrem que esses bares são uma puta fachada para lavagem de dinheiro – como visto nas pizzas de cocaína da Caprichosa…

  8. >Respeitem a rainha-mãe! A rainha-mãe não é coadjuvante!

  9. >Na minha próxima viagem a Paris, vou ao bistrô de sempre, o Tomanécu Vascô, porra! Sou fiel aos meus botecos…

  10. >Junto-me ao Simas. A Rainha-mãe, dizem, bebia uma garrafa de gim por dia, durante uns 70 anos. E morreu aos 101! A Rainha-mãe deveria ser canonizada pelo Bento Calibre XVI (apud Aldir) e eleita a padroeira dos bebuns mundiais.

  11. Pingback: BELMONTE RIMA COM DESMONTE | BUTECO DO EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s