>AS BARRIGUDINHAS

>

Desde que eu descobri, com a Dani, a Therezópolis Gold, disparado a melhor cerveja que bebi nos últimos muitos anos, e desde que a indiquei ao meu irmão Luiz Antonio Simas (leiam aqui verídico relato do Simas sobre as conseqüências…), que tê-las em casa, as barrigudinhas descansando na geladeira (quase que toda para elas…), passou a ser uma obsessão.

Image Hosted by ImageShack.us

Deixou de ser uma obsessão para ser uma realidade.

Baixaram aqui em casa, ontem à tardinha, 36 barrigudinhas.

24 são minhas e 12 do Simas.

Na segunda-feira, meus poucos mas fiéis leitores, lhes conto como fui pago pelo bom Simas.

Até.

11 Comentários

Arquivado em Uncategorized

11 Respostas para “>AS BARRIGUDINHAS

  1. >Te falei, né, Edu? Conheci essa cerveja espetacular há cerca de um mês, por sugestão de um garçom lá da Taberna Alpina, em Terê. Me apaixonei imediatamente tb. Agora descobri um posto aqui no Jardim Botânico que vende – e minha geladeira tbm está repleta de barrigundinhas. Precisamos torcer apenas para que não resolvam aumentar demais a produçào e estragar o sabor…

  2. >Ah, lá em Teresópolis se acha tbm na versão Pilsen. E, salvo engano, a escura tbm.

  3. >Ola EduNesse fim de semana fui ao chorinho de Laranjeiras – que não rolou – mas tomei algumas barrigudinhas com a minha esposa.Só faltou o chorinho e as estórias do SimasAbraçosThiago Passos

  4. >Edu, aqui em Campinas há apenas um lugar onde se pode beber essa raridade: o Nosso Bar, ou Bar do Mauricio, dentro do Mercado Campineiro.

  5. >Onde compra? Tem que subir a serra ou há algum distribuidor na cidade maravilhosa?

  6. >Faço minhas as palavras do Arthur…

  7. >Arthur e Diogo: não há necessidade de subir a serra para comprar as barrigudinhas, não. Embora eu tenha ficado sabendo, pelo Marcelo Alves, assíduo freqüentador do BUTECO, que o passeio à fábrica, um pouco depois de Terê, vale muito a pena. Estou convencendo meu distribuidor de fé, na Tijuca (onde mais?), a comprá-la. Por enquanto estou comprando, a R$4,50, numa lojinha especializada em cervejas do mundo inteiro, na rua Uruguai, quase esquina com a Conde de Bonfim: NIGRI. Forte abraço!

  8. >Pessoal,já encontrei a Therezópolis no supermercado Princesa.Abraços a todosMarcelo Alves

  9. >Edu, falando em Uruguai, tem uma cerveja uruguaia, chamada Nortenha, que tem um sabor espetacular. Ela é “barrigudona”, pois comporta 1L e não 600ml. Nunca provei a Therezopolis Gold. Vou à caça!Abraço!

  10. >Vou dar uma chegada no NIGRI assim que puder para saborear essa beleza.O interessante é que as barrigudinhas de Teresópolis possuem um “shape” que se assemelha à silhueta dos bons bebedores…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s