>MARCÃO: UMA ESCOLA

>

O Marcão, que se diz o prógono do movimento que leva homens como, por exemplo, o Borgonovi, a dormir sem vergonha alguma em público (de prefefência em bares), realmente faz escola.

Mostrei-lhes o Borgô dormindo acintosamente em Niterói, dentro de um bar, durante uma roda de samba – aqui.

Implacável, no mesmo dia mostrei-lhes o Marcão dormindo muito mais à vontade, durante uma festa com centenas de pessoas, e o samba comendo solto também – aqui.

Ontem, como lhes contei, fui ao Rio-Brasília. Lá encontrei o Simas e tive a chance de conhecer o Eduardo Rodrigues e o Stocker.

Este último não fez por menos: antes de dormir – vejam as fotos abaixo – gritou:

– Vou dormir à la Marcão, pô! Dá licença!

Faz escola, realmente, o Marcão.

Stocker no Rio-Brasília, 24 de março de 2007
Stocker no Rio-Brasília, 24 de março de 2007

Até.

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

4 Respostas para “>MARCÃO: UMA ESCOLA

  1. >Edu, você é o Mário Juruna dos tempos virtuais.

  2. >São esses biltres que envergonham o scratch paulistano em terras sebastianas…

  3. >Que beleza, que beleza!!!

  4. >zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s