>MARCÃO, O PRECURSOR

>

Vejam bem… Eu sei que eu sou implacável. Implacável e preciso. E reconheço, como agora, que essa minha implacabilidade beira, quase que sempre, a perfeição. E reconheço, mais, que tudo isso deve-se ao convívio com Dona Obsessão, essa moça que não larga do meu pé.

O Marcão, glorioso Marcão, escreveu, há pouco, comentando o texto “AINDA O BORGONOVI” – leia aqui – cheio de um estranhíssimo orgulho, a seguinte pérola:

“Opa!!

Sou precursor desse número. Já dormi em mais de trinta botecos diferentes e em TODAS as festas da agenda do samba e choro. Vejo que o Borgonovi vai pelo mesmo caminho.

Sabe tudo esse garoto!!!”

E eu, como sou preciso do início ao fim, e como nada escapa às lentes de minhas câmeras – digitais ou não – faço questão de dizer que eu vi, eu vi e é verdade.

Fiquem com essa imagem do Marcão.

É de 2000, durante a festa do V aniversário da “Agenda do Samba & Choro”.

E notem como o nosso Marcão dorme muito, mas muito, muito mais à vontade que o Borgonovi. O Borgonovi – que “sabe tudo”, quem diz é o Marcão – ainda tem muito o que aprender sobre a matéria.

Marcão, em 2000, no V aniversário da Agenda do Samba e Choro

Até.

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

6 Respostas para “>MARCÃO, O PRECURSOR

  1. >Vocês ficam achando lindo essa história de capotar nos butecos, porque não têm que ficar carregando os vagabundos pra casa…

  2. >Edu,Teu arquivo não é mole. Podia imaginar tudo, menos que você tivesse uma foto dessas. Não pense que dormia por causa da cerveja. É que o ambiente convidativo de algumas festas e alguns butecos instiga uma rápida sonequinha, antes de voltar a beber.Fernandão, puta injustiça!!! Eu sempre acordava sóbrio e cheio de sede, porra! Não dava trabalho nenhum.

  3. >Meu Deus! Marcão!!!!! Você não tem vergonha de dizer isso? Acho que a melhor “soneca” do Marcão foi na escada do falecido Bom Motivo. Isso mesmo, ele dormiu (não sentado) deitado nos degraus gelados da escada da choperia Bom Motivo, isso há uns treze anos, mais ou menos. Na mesma época ele foi pra nossa casa, depois de uma noitada. Fomos tomar a saideira. E adivinhem aonde o senhor Marcão resolveu dormir? Trancado no banheiro. Ou seja, ninguém mais podia usar a porra do banheiro, não adiantou nada socar a porta até amanhecer, a peste não acorda assim fácil. O Marcão tem um trauma da minha pessoa, porque ele era sempre acordado (e expulso do bar) por mim, que queria ir dormir, ahahahahahahhahahahaha.beijo

  4. >Roberta,Você tinha a mania de me perseguir, não sei porque, um dos seus clientes mais fiéis. Ainda bem que o outro dono do bar era o Roberto, que jamais me expulsou e sempre se mostrou disposto a servir mais um chope, ao contrário de você. Bons tempos de Bom Motivo.Quanto a essas sonecas, eu realmente dormia mesmo, não há como negar, aindam mais diante do “arquivo vivo” Eduardo Gondenberg. Com o tempo perdi esse saudável hábito. Tapete felpudo no banheiro, também, é sacanagem!!!

  5. >Eu durmo mesmo. E, assim como o Marcão, acordo disposto a recomeçar do zero.E para mim o melhor sono é o do Metrô. Teve uma vez que eu entrei no Metrô às 5h e fui acordar às 7h30. Pelos meus cálculos, fui do Tucuruvi ao Jabaquara pelo menos 5 vezes. Borgonovi

  6. >Conheci um cara assim, que nem o Marcão e o Borgô. Um dia ele foi fazer uma matéria em Salvador, tomou uma carraspana alentada, voltou de madrugada para o hotel onde sempre se hospedava, pegou o elevador e, no andar, não achou a chave do quarto (chave mesmo, não era cartão). Com preguiça, caiu no tapetão do corredor e morgou. Ninguém o acordava, foi dado como morto até que, com aquele reboliço todo, o cara acabou acordando, deu bom dia a um monte de gente espantada que não sabia quem era ele (o pessoal da noite é que o conhecia bem). Nosso amigo pegou o elevador e se mandou. Até porque tinha ido para o hotel de sempre, que no caso era o hotel errado. Acho que foi a partir desse incidente que os hotéis da Bahia começaram a contratar gaúchos, curitibanas, mineiros, paulistas (sérios, não esses doidos que freqüentam isso aqui) etc. para trabalhar na recepção e gerência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s